4 plataformas de E-commerce para montar sua Loja Virtual

As melhores plataformas para montar loja virtual

4 plataformas de E-Commerce para montar sua Loja Virtual

Existem várias plataformas de e-commerce disponíveis para criar sua loja virtual. No entanto, nem todas apresentam a estrutura necessária para o crescimento do seu negócio, principalmente aquelas que oferecem contam com hospedagem própria — onde as mensalidades podem chegar a valores muito salgados. Uma forma de contornar ambos os problemas é escolher uma plataforma open source.

A internet é muito popular, e um dos resultados disso é que mais da metade do mundo tem acesso à Web. Aliás, as compras pela internet estão cada dia mais frequentes, o que aumenta a necessidade das empresas de atuarem no meio online também.

É muito comum, por exemplo, o consumidor pesquisar sobre um determinado item antes mesmo de ir às lojas.

A maioria dos sites que oferecem serviços de loja virtual, embora alguns apresentem preços atraentes, engessam bastante sua autonomia. Só para exemplificar, é comum haver limite de produtos cadastrados, o que realmente pode atrapalhar sua atuação no mercado. Além disso, ferramentas básicas como cupom de descontos e até elaboradores de promoção costumam ser itens à parte — e o preço geralmente é alto.

É por isso que usar uma plataforma de e-commerce open source é tão interessante.

Está um pouco perdido com os termos apresentados? Vamos explicar tudo para você, além de apresentar as 4 melhores plataformas open source da atualidade!

O que são plataformas de e-commerce open source?

Os softwares open source não se limitam a apenas as plataformas de e-commerce, pois são um conceito de “criação comunitária”. Em resumo, são ferramentas desenvolvidas por profissionais, gratuitas e que contam com atualizações constantes.

A maioria delas é desenvolvida por profissionais com vasta experiência em programação. Em geral, são trabalhos realizados nas horas vagas do profissional, e a capitalização da ferramenta vem de complementos. Ou seja, você vai ter acesso a um produto de ponta sem pagar nada por ele, a não ser por alguns extras opcionais.

Uma das vantagens é que você terá acesso a todas as opções que desejar. Assim, vai poder realizar suas promoções, criar cupons de desconto, trabalhar com cadastro de clientes e até ter milhares de produtos em sua loja virtual sem pagar mais por isso.

Outro ponto importante são as atualizações da plataforma. Quando o projeto é bom, ele conta com uma comunidade de programadores para incrementar, aperfeiçoar e solucionar bugs do projeto. Assim, a plataforma sempre estará em expansão, além de ficar cada dia melhor.

Agora que você sabe o que são plataformas de e-commerce open source, vamos a uma seleção das mais utilizadas no Brasil!

Quais são as plataformas mais utilizadas no Brasil?

Embora existam várias plataformas open source disponíveis para você, nem todas estão no “estado de arte” para serem usadas. Portanto, é importante escolher uma plataforma com comunidade ativa, popular (para chamar atenção) e que tenha sido testada em campo.

Aqui no Brasil, por exemplo, não são todas as plataformas que se adequam ao nosso mercado. De fato, a maioria delas são feitas por estrangeiros, e as formas de pagamento saem prejudicadas nesse quesito.

Uma forma de contornar esse problema é justamente ver o que as empresas estão usando por aqui.

Veja uma lista com detalhes de cada plataforma!

1. Magento Community Edition

O Magento Community é de longe uma das plataformas mais poderosas para seu negócio, e é a que domina nos e-commerces de moda ao redor do mundo. Aqui no Brasil, temos grandes nomes que fazem seu uso, como é o caso da Saraiva.

Ela conta com profissionais especializados em lojas virtuais, toneladas de recursos disponíveis para uso, e muito potencial para customização. Veja algumas de suas funcionalidades:

– Permite realizar vendas de forma global;

– A plataforma já vem otimizada para mobile;
– Possui botão de “compra instantânea”;
– Integra todas as etapas do processo de vendas;
– Permite utilizar a tecnologia Marketplace.

2. Prestashop

Assim como o Magento, a Prestashop tem muito peso no mercado brasileiro. Isso tem fundamento: essa plataforma oferece um serviço completo para seu e-commerce. É sério, a plataforma cuida de todos os detalhes relevantes para seu negócio, desde a aparência até o tráfego gerado.

Veja uma lista resumida de algumas funcionalidades:

– Criação de produtos de forma rápida;
– Mecanismo para gerenciar seu estoque;
– Configuração completa de sua loja, como SSL, zona geográfica e etc.;
– Facilita a navegação em sua loja, oferecendo várias formas de visualização;
– Trabalha com vários métodos de pagamentos;
– Ajuda na hora de cumprir com todas as exigências legais de nosso país;
– Gerencia os impostos a serem pagos por você;
– Possui mecanismos que diminuem o abandono de carrinho;
– Auxilia o trabalho de SEO;
– Permite a gestão de clientes e pedidos;
– e muitos outros recursos.

3. OpenCart

O OpenCart, assim como as demais plataformas de e-commerce desta lista, é uma ferramenta bastante completa. Veja algumas de suas funcionalidades:

– Possui dashboard para administradores;
– Permite trabalhar com várias lojas ao mesmo tempo;
– Conta com um sistema de Marketing de Afiliados integrado;
– Você pode criar categorias ilimitadas de produtos, assim como produtos ilimitados;
– Possui um sistema de rating e comentários nos produtos;
– Conta com um sistema de pontos, os quais podem ser trocados por produtos;
– Utiliza filtros nas buscas;
– Trabalha com várias moedas e idiomas;
– Facilita a coleta de e-mails;
– Aceita várias modalidades de pagamentos;
– Conta com sistema de pagamento recorrente, ideal para serviços de assinatura;
– e muito mais.

4. WooCommerce

O WooCommerce tem com uma vantagem muito interessante: ele é instalado junto com o WordPress, o melhor CMS da atualidade. Dessa forma, se você contar com um blog em WP, só precisa adicionar alguns plugins para ter sua loja virtual.

Veja o que ele oferece:

– Aceita diversas formas de pagamento;
– É fácil cadastrar produtos;
– Trabalha com sistema de recuperação de carrinho;
– Permite acompanhar o pedido realizado;
– Também trabalha com pagamentos recorrentes;
– Criar relatórios personalizados para você;
– Trabalha com promoções;
– Possui métodos de integração interessantes;
– e muitas outras funcionalidades.

Essas plataformas de e-commerce são 100% gratuitas?

As plataformas de e-commerce são sim 100% gratuitas, mas requerem a contratação de um serviço de hospedagem, assim como o registro de domínio para sua loja. Uma ótima empresa para conseguir esses itens é a E-Consulters.

Aqui você encontra a solução ideal para sua empresa, seja ela grande ou pequeno!

TAGS:

1 Comment

  1. Otimo artigo, tenho pesquisado o assunto, gostaria de
    algumas indicações para aprender SEO

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *