Storytelling – como aproximar os clientes certos

Storytelling – como aproximar os clientes certos

As histórias são recursos importantes para envolver seus clientes nas redes sociais, além disso, é possível atrair os clientes ideais para o seu negócio, mostraremos abaixo, a definição de Storytelling e como utilizar corretamente esta técnica em suas estratégias de marketing digital.

storytelling

O que é o Storytelling?

Traduzido do inglês, quer dizer “contar histórias”, você poderá utilizar os recursos que estão disponíveis  atualmente, para poder contar suas histórias para seus clientes, podemos por exemplo, combinar textos com recursos audiovisuais.

Encontramos este tipo de técnica também em outras áreas, que são: cinema, música, teatro, TV e  literatura, é também uma técnica que caminha junto com o marketing digital, graças a este recurso narrativo é que muitas empresas puderam se manter ativas mesmo após a pandemia.

No momento que estiver escrevendo histórias, é importante levar em consideração os fatores abaixo:

  • Diálogos realistas;
  • Interatividade;
  • Personagem e problemas que o seu público-alvo consegue identificar;
  • Provoque emoções, positivas ou negativas;
  • Cuide do visual, para que seja atrativo e coeso;
  • Conclua a história com a resolução do conflito.

Através dessa técnica, conseguimos incrementar as  vendas ou lembrança e reconhecimento de marca (branding), em um mercado muito competitivo, é importante ter um diferencial que chame a atenção de seus clientes.

Não podemos nos esquecer que, este recurso é fundamental para criar conteúdos que viralizam nas redes sociais, atualmente, o Instagram é a rede social que mais utiliza este recurso no mundo.


Qual a sua importância para as empresas?

As histórias são um recurso muito antigo na humanidade, com a tecnologia mais recursos puderam ser utilizados para atrair a atenção dos consumidores, as suas histórias poderão atingir os seguintes objetivos abaixo:

Guiam o público para a próxima jornada

Se você está trabalhando com o funil de vendas, o Storytelling poderá ser um recurso muito útil, os fatos e dados dentro da narrativa, poderão guiar o cliente para a próxima etapa do funil de vendas, afinal, já está comprovado que para garantir sucesso da experiência do usuário, o conteúdo deverá ser escaneável.

Mais identificação com o seu público

As histórias que são contadas corretamente jamais abandonarão o empresário, a principal missão da história é de despertar um interesse no leitor, o leitor deverá entender quais os sofrimentos do protagonista, para conhecer suas estratégias de superação de conflitos.

Despertar emoções

O objetivo emocional é o mais comum de encontrar na internet, por consequência, as emoções acabam despertando a memória do leitor, lembrando que este é um conceito que deve ser utilizado com cautela e com bom senso.

Ativar a prática da sedução

A mensagem deve estar sempre ancorada na história, a comunicação humana é perfeita para ajudar na prática da sedução, aproveite e utilize este recurso aliado ao Copywriting, quando for criar uma história tenha cuidado com erros de português.


Elementos que fazem parte dessa técnica

Para contar boas histórias, temos que utilizar elementos que ajudam a atrair a atenção dos usuários, para montar um bom Storytelling é necessário:

Mensagem

Sempre separamos este recurso em duas partes, de acordo com o significado em inglês:

  1. story: se refere à história e a mensagem;
  2. telling: o método que será utilizado para contar.

A mensagem deverá ser extremamente forte, pois o conteúdo não será salvo mesmo aplicando técnicas modernas de marketing digital, por isso, tenha como inspiração os seus concorrentes, para conhecer o formato de suas histórias.

Muitas pessoas conseguem ter sua vida transformada, graças ao recurso de contar histórias, é importante utilizar textos, histórias e palestras que proporcionam boa experiência para seus clientes e conseguem prender a sua atenção, no entanto, devemos lembrar que é muito difícil construir um conteúdo que seja realmente marcante.

Ambiente

Os eventos sempre acontecem em determinado lugar, para ajudá-lo a escolher um cenário que atende aos objetivos do conteúdo que você pretende oferecer.

Personagem

O personagem tem a importante missão de guiar seu público-alvo na jornada,  é necessário ter em mente que a  transformação influência na  transmissão da mensagem. Neste caso, o conflito é fundamental para que a transformação possa ser bem-sucedida.

Conflito

No Storytelling, o conflito é extremamente útil para prender o interesse de seu público, dessa forma, o personagem deverá guiar os ouvintes até a sua próxima jornada.

Para que seja possível gerar uma identificação, é necessário que seja um bom conflito, as conquistas devem ser muito difíceis, um sentimento de escassez por exemplo, é bem-vindo nessas horas.

Um roteiro que é mais difícil de superar, é encarado por muitos como um grande desafio, é importante ter atenção para não criar uma história romantizada, que é capaz de criar emoções, logo não há uma identificação.


Storytelling: Tipos mais comuns

storytelling

Existem vários formatos de storytelling, que podemos aplicar nos sites ou nas redes sociais, para que esta ação comunicacional possa trazer bons resultados, você deve escolher aquela que mais atende às suas necessidades, veja quais são os tipos mais comuns:

Ficção

Apresenta situações que não são reais, ou seja, fictícias, no entanto, é possível que se pareça com a realidade, podemos citar como um exemplo prático, a campanha do “Scary Clowns Night”, do Burger King.

Viagem pessoal

Há possibilidade de dar ênfase à história da empresa, para servir de case de sucesso, casos de superação de metas ou de implementação de estratégias são muito comuns, neste caso, as ideias devem provocar inspiração.

Valores de marca

Aqui, a empresa deverá estar no centro da história, este tipo de conteúdo tende a ser mais relevante e gera um maior engajamento, os personagens mais importantes para este formato de história são: funcionários da empresa, seus proprietários e consumidores.

Situação de consumo

Você poderá mostrar algum envolvimento relacionado ao produto ou serviço relacionado, empresas dos segmentos automóveis, alimentos e bebidas, costumam utilizar este tipo de recurso com frequência,.

Análise de casos

Algumas marcas famosas como é o caso do Peugeot 206, chamado “The Sculptor” (o escultor), utilizam este recurso com muita frequência, esta peça de narrativa publicitária deve ser bem construída, para que o resultado possa ser bem positivo.


Conclusão

Portanto, o Storytelling quando bem utilizado é uma poderosa ferramenta para atrair clientes, no entanto recomendamos que você apresente um conteúdo de extrema qualidade e que agregue valor aos seus clientes.

Nós da E-consulters temos ferramentas importantes para ajudar a sua empresa, contamos com estrutura própria e um excelente custo/benefício, confira os nossos serviços!

:

TAGS:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.